quinta-feira, 7 de abril de 2016

Invasões Napoleônicas e os Processos de Independências nas Américas

Carnaval de Ideologias (1937-39), mural do pintor mexicano José Clemente Orozco no Palácio do Governo de Guadalajara.

O Manifesto de Guadalajara
Neste manifesto, que ficou conhecido como El Grito de Dolores, o padre Miguel Hidalgo (líder de um movimento popular revolucionário iniciado em 1808) convocou, com o seu sermão, o povo mexicano à luta.


Estabelecemos um Congresso que se componha de representantes de todas as cidades, vilas e lugares deste reino, que tendo por objeto principal manter nossa santa religião dite leis suaves, benéficas e acomodadas às circunstâncias de cada povo: eles então governarão com a doçura de um pai, nos tratarão como irmãos, desterrarão a pobreza, moderando a devastação do reino e a extração de seu dinheiro, fomentarão as artes, avivarão a indústria, fazendo uso livre das riquíssimas produções de nossos fecundos países (...)
In: PRADO, Maria Lígia Coelho. Sonhos e desilusões nas independências hispano americanas. In: América Latina no século XIX: tramas, telas e textos. São Paulo/Bauru: Edusp, 1999.

El Grito de Dolores. Pedro X. Molina, 2010.


Nenhum comentário: